Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

[Frases] Branca como o leite, vermelha como o sangue

Selecionei para vocês as melhores frases do livro Branca como o leite, vermelha como o sangue, espero que gostem! #Obs: É um dos meus livros favoritos. ❤

"O que conta não são os nossos humores, mas os nossos amores."

"É bom se deixar amar."

"E o pó da minha sombra é poeira de estrelas."

"Não existe paraquedas no poço sem fundo do abandono."

"É o amor que torna a vida nova."

"Os sonhos são como estrelas: você as vê brilhares todas, quando as luzas artificiais se apagam, e no entanto já estavam ali antes. Você é que não via, por causa do excesso das outras luzes."

"O amor é uma espécie de força de gravidade invisível e universal, como na física. Inevitavelmente, sem que nos damos conta, nosso coração, nossos olhos, nossas palavras vão parar ali, naquilo que amamos, como a maçã com a gravidade."

"O amor não da paz. O amor é insone. O amor é elevar a uma potência. O amor é veloz. O amor é amanhã. O amor é tsunami.

[Resenha] Branca como o leite, vermelha como o sangue

Título: Branca como o leite, vermelha como o sangue Autor: Alessandro D'avenia Editora: Bertrand Brasil N° de páginas: 368 Classificação: 5/5
"NASCI NO PRIMEIRO DIA DE AULA, CRESCI E ENVELHECI EM APENAS 200 DIAS."
Sinopse: Leo é um garoto de dezesseis ano como tantos: adora o papo com os amigos, o futebol, as corridas de motoneta, e vive em perfeita simbiose com seu iPod. As horas passadas na escola são uma tortura, e os professores, "uma espécie protegida que você espera ver definitivamente extinta". Apesar de toda a rebeldia, ele tem um sonho que se chama Beatriz. E, quando descobre que ela está terrivelmente doente, Leo deverá escavar profundamente dentro de si, sangrar e renascer para a vida adulta que o espera.